terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Gratuidade para Idosos nos ônibus de Tamandaré - PE // Foto

Em Tamandaré, Litoral Sul de Pernambuco, sempre existe desentendimento entre idosos que pretendem viajar para o Recife e/ou outros municípios localizados no percurso para a capital pernambucana, por exemplo, Rio Formoso, Ipojuca, Sirinhaém, etc.  

A operadora de transporte coletivo CRUZEIRO, única transportadora que serve a cidade e praia de Tamandaré, disponibiliza apenas 2 passagens para idosos por viagem e devido à procura, o número é insuficiente.  

O critério exigido para não pagar passagem é apenas ser idoso e entrar primeiro no coletivo; isso causa aborrecimento pelo fato de que, pessoas com problema de mobilidade, mesmo chegando cedo ao local de embarque, sempre sobem depois e perdem o direito à gratuidade. 

No domingo próximo passado (29.01.2012), presenciei duas senhoras bem vestidas que usavam maleta de boa qualidade, tomarem a vez na subida do ônibus e discutirem com uma senhora pobremente vestida e que carregava seus pertences em sacos apropriados para lixo. Uma disparidade de classe social e falta de civilidade. 

O mais interessante é que as duas mal-educadas desceram do ônibus sem pagar passagem, tomando a vez dos outros e provando que as aparências enganam, como diziam nossos sábios avós. 

Quem de direito precisa rever a possibilidade de aumentar o número de passagens para idosos  nos ônibus intermunicipais já que não se pode resolver o problema simplesmente pela aparência das pessoas. 


Texto e foto de Idosas em ônibus de Tamandaré (PE):
Maria Helena do Nascimento//Cidadã repórter



Deus abençoe poderosamente
os idosos do mundo inteiro!