sábado, 4 de janeiro de 2014

Incêndio destrói barracos na Imbiribeira

                                                                                    
Garis, os heróis anônimos

Um incêndio de grandes proporções destruiu em poucas horas, aproximadamente 30 barracos na 3ª Travessa Nossa Senhora do Carmo, comunidade de Salinas em Sítio Grande, bairro da Imbiribeira, Zona Sul de Recife, Pernambuco. 

O sinistro começou no início da madrugada do dia 3 de janeiro de 2013, quando a maioria dos moradores já estava dormindo. Apavorados com o fogo, tiveram que abandonar os seus bens materiais, inclusive seus documentos e tudo que se salvou foi a roupa do corpo.  

A pior parte foi quando um botijão de gás explodiu e foi arremessado para o teto de um barraco um pouco afastado do local do incêndio. 

As doações para os desabrigados poderão ser entregues na sede do bloco carnavalesco "Sapateiro" aos cuidados do Sr. Berilo José Soares, conhecido como Sapateiro, na Rua Nossa Senhora do Carmo, 315, em Sítio Grande. 

Os moradores vítimas do sinistro pedem às autoridades competentes, poderem levantar os seus barracos e continuarem na comunidade pelo fato de que já moram no local há bastante tempo e a facilidade de estar perto de escola e creche. 

Vale salientar, como sempre, o magnífico trabalho dos componentes do Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco que não mediram esforços para apagar o incêndio e salvar vidas. 

Imagens de fotos do 
Incêndio dos barracos na Imbiribeira: 
                                                                                            
                                                                                   
                                                                                      
                                                                                      
                                                                                  
                                                                                   
                                                                                   
                                                                                      
Uma criança chora ao ver o que restou dos seus pertences: lixo
                                                                               
Os incansáveis homens da limpeza, os garis
Sr. Sapateiro e vizinhos que socorreram as vítimas do fogo
Os socorristas da vizinhança
O herói do fogo, Severino Ribeiro de Vasconcelos, ajudou a todos
Geralda, Alane, Aline, Gilvanice e Luciana, mulheres cheias de fé e coragem
Jovens vítimas do incêndio
Luciana, Gilvanice, Geralda, Maria Helena e Alana
Maria Helena, sempre muito bem recebida, almoça com os novos amigos,
casal Gilvanice e Severino, família simples e bem educada.