sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Marília Gabriela precisa de ajuda

                                                                                     

Blog de Maria Helena Repórter 

A finalidade desta matéria é sensibilizar a quem de direito para se conseguir um transporte para locomover a jovem Marília Gabriela para tratamento de reabilitação na Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD), situada no bairro de Ilha Joana Bezerra, área central de Recife (PE), toda segunda-feira. 

A jovem de 13 anos, Marília Gabriela, precisa urgentemente de ajuda dos poderes públicos e dos corações generosos. 

Segundo o Sr. Sandro, existe a possibilidade de uma sensível melhora na sua filha através de tratamento pois a mesma tem sensibilidade nos joelhos. 

O drama da família começou quando Marília Gabriela, inadvertidamente, com os pés molhados, tentou ligar uma extensão para usar uma chapinha de cabelo e levou um choque elétrico.  A adolescente que era alegre, estudiosa e gozava de boa saúde, hoje se encontra em estado deplorável, comprovado através das fotos. 

A família, de classe menos favorecida, é composta pelo casal e 6 filhos (2 meninas e 4 meninos) e precisa urgentemente de alimentos, fraldas descartáveis e outras coisas mais que poderá ser informado pelo pai de Marília, Sr. Sandro, através do telefone da operadora OI - (81) 8574.3286

O Sr. Sandro está desempregado e a família composta por 8 pessoas se "espreme" em uma casinha entre barreiras com 1 sala, 1 quarto, 1 cozinha e 1 sanitário, de difícil acesso, localizada no bairro de Sapucaia, Olinda, Pernambuco.  

Imagens de fotos de Marília Gabriela, sua família e sua casa: 
                                                                             
             
                                                                                    
                                                                                  
                                                                             
                                                                               
                                                                                  

AGRADECIMENTO:

À Santíssima Trindade por ter me "designado" para essa importante missão de chegar no endereço de Marília Gabriela e por ter encontrado no caminho, verdadeiros anjos humanos, extremamente solidários, que me guiaram e cuidaram muito bem para que eu não me acidentasse na difícil jornada pois fomos pelo caminho mais difícil. 

Escadarias sem corrimão em terreno escorregadio, barreiras, lixo, esgoto a céu aberto e outras coisas mais, é a triste realidade de pessoas que residem em locais de difícil acesso. 

Se, para jovens que nascem nesses locais de difícil acesso e estão acostumados a subir e descer diariamente, imaginem para pessoas idosas e deficientes, sobretudo para quem tem problema de mobilidade. Houve um momento em que me apavorei e já ia telefonar para o Resgate do Corpo de Bombeiro Militar de Pernambuco para me descer da ladeira e graças aos novos amigos, Edmilson, Marlene e Leandro, com muita dificuldade, conseguimos chegar no Alto.  

DEUS ilumine poderosamente e supra as necessidades desses enviados de DEUS. 
                                                                                       
Edmilson (Binho), bem educado, gentlman
Marlene, esposa de Adilson, deixou tudo e foi me levar lá no Alto
Ana e Leandro
Adilson, esposo de Marlene e a vizinha Márcia, também me orientaram e
incentivaram a chegar até a casa de Marília Gabriela para mostrar ao
mundo a necessidade de ajudar a família. 
Blog de Maria Helena Repórter na Pesquisa Google: