quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Melhor qualidade no atendimento bancário do País

Baseada em experiência própria ocorrida hoje (29.2.2012) em uma agência bancária no bairro de Boa Viagem, Recife (PE), quando, após esperar aproximadamente 50 minutos para ser atendida no Caixa com a senha nº 30, um senhor que havia chegado há menos de 5 minutos foi atendido com a senha nº 28. Ele explicou que alguém pegou 2 senhas (normal e preferencial), usou uma e sobrou outra. 

Esse procedimento não é correto e prejudica as pessoas que estão aguardando a vez normalmente. Por essa e outras, sugiro às instituições bancárias identificar o correntista na senha através do nome e número da conta e para os não-correntistas, serem atendidos em um Caixa próprio. Dessa forma, inibiria e acabaria com a prática de repassar senhas. 

Espero ter sido entendida.


Texto e foto de banco: Maria Helena do Nascimento