quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Moradores de rua - o lixo invisível da sociedade // Samu

Moradores de rua são pessoas que não são lembradas por órgãos públicos e privados que  poderiam mudar o rumo das suas vidas e transformá-los em cidadãos comuns e com todos os direitos constitucionais.

Boa parte dessas pessoas já possuíram bens materiais, imóveis, emprego fixo, família constituída e de repente, como em um passe de mágica, se tornaram miseráveis, seres indesejáveis, invisíveis, considerados pela sociedade fria e mesquinha como lixo humano.

A maioria dos moradores de rua são viciados em cola, álcool, crack, etc e sem a mínima possibilidade de voltar a ser o que era antes da triste e cruel realidade das ruas. 

Nem mesmo nos momentos de extrema necessidade, moradores de rua são considerados por quem de direito, ou seja, o Estado. 

Recentemente, no dia 24 de novembro de 2011, quinta-feira, depois das 22 horas, telefonei para a emergência do SAMU (192), registro nº 741 através do meu celular 81-9212.1767 e pedi para socorrer um homem doente, com pernas infectadas e gemendo que estava na calçada do Colégio Santos Dumont, Rua Barão de Souza Leão, bairro de Boa Viagem, Recife e fiquei perplexa diante da negativa do médico. Segundo ele, o SAMU não atende pessoas que não estejam em estado grave.
Simplesmente incrível!

=====================================================

Moradores de Rua da Praça da Independência:
http://cidadao.dpnet.com.br/topicos/outros/5217-pra-a-da-independ-ncia-recife-dormit-rio-dos-sem-teto

Moradores de Rua // O lixo da Sociedade:
http://cidadao.dpnet.com.br/topicos/cidadania/3866-moradores-de-rua-o-lixo-da-sociedade

Recifense come lixo em praça pública: 
http://cidadao.dpnet.com.br/topicos/cidadania/5796-os-miser-veis-recifense-come-lixo-em-pra-a-p-blica

Sopa para moradores de rua:
http://cidadao.dpnet.com.br/topicos/cidadania/5438-moradores-de-rua-do-centro-do-recife-pedem-sopa-diariamente

=====================================================

Texto e Fotos de Moradores de Rua:
Maria Helena do Nascimento//Cidadã repórter
                                                                               



Senhor,
tende compaixão dos miseráveis!