quarta-feira, 7 de março de 2012

Imóveis adaptados para idosos e portadores de deficiência

Com o aumento da expectativa de vida, homens e mulheres estão envelhecendo e precisando cada vez mais de mudanças, sobretudo no espaço físico de suas moradias.

A Arquitetura moderna já deveria estar preocupada com o tamanho dos cômodos dos imóveis que naturalmente servirão como residência e domicílio de idosos e portadores de necessidades especiais, hoje e, em futuro próximo. 

Os jovens sadios de agora serão os idosos com problemas de mobilidade amanhã e deverão precisar de bengalas, cadeiras de rodas e até mesmo de cão-guia. 

As novas construções, cada vez mais compactas e caras, precisam urgentemente se adaptarem aos novos moradores e seus problemas físicos.

Há necessidade, entre outras, de portas e corredores mais largos, barras de ferro ou alumínio nos sanitários e também, móveis e acessórios compatíveis, para assegurar melhores condições de acessibilidade e facilitar a circulação de portadores de necessidades especiais e idosos.   


Texto de Imóveis para pessoas especiais:
Maria Helena do Nascimento//Cidadã repórter